segunda-feira, 4 de abril de 2016

DISCURSO DE CASAMENTO

DISCURSO DE CASAMENTO

discurso de casamento, casados para sempre, festa de casamento, comunicação, relacionamentos


Esta é uma mensagem que escrevi para o casamento da minha prima, por quem tenho muito amor e carinho. Com meus mais sinceros desejos de crescimento conjugal para ela e pro marido.

Enfim casados! Como é difícil casar! E eu não falo de casar no papel ou entrar na igreja, isso é fácil.

Eu falo do casamento, não como algo pronto que é só entrar, mas sim como uma construção que leva anos pra acontecer. Há pessoas que vivem como pares a vida inteira, mas não se casam nunca.

Casar, verdadeiramente, nos demanda um dos maiores desafios da vida: separarmos da família de origem para ir plenamente ao encontro com o cônjuge. É fato que muita gente não vai plenamente, mas vai despedaçada, cordão umbilical rompido, choro de criança que foi arrancada do útero familiar aconchegante ou aprisionador. Só com o tempo consegue juntar os caquinhos para construir-se novamente numa nova instituição.

Não há crescimento sem separação. É preciso desapegar-se do velho para deixar entrar o novo em nossas vidas.

Casamento é um desafio diário e precisa de dedicação contínua. Haja disposição!

O princípio básico do casamento é o amor. Ele é a peça chave que interconecta todo o restante. Sem ele nenhuma união que se preze sobrevive de forma digna. Esse princípio vocês já possuem, e devem cuidar dele como se estivessem cuidando de uma planta muito rara e delicada.

Um segundo princípio básico, mas não menos importante é a comunicação. E comunicar-se não significa apenas contar como foi seu dia, o que fez ou deixou de fazer.

Comunicar é a verdadeira arte de falar dos sentimentos mais profundos, os bons e os ruins, os fáceis e os difíceis. Isso requer que saibamos decifrar nossos próprios sentimentos primeiro, que trabalhemos o autoconhecimento.

Comunicar é também a arte de ouvir. Não adianta nada falar sem ouvir. Já dizia meu querido autor Rubem Alves, que existem muitos cursos de oratória, e que ele queria mesmo era dar um curso de escutatória, mas tinha medo de ninguém se matricular. Ouvir é mais difícil do que falar. Para ouvir é preciso ficar em silêncio com os próprios pensamentos, defesas e julgamentos. É despir-se de si mesmo para buscar compreender o outro.

Um terceiro princípio importante no casamento é o investimento no crescimento da relação. Investimos 4-5 anos numa formação acadêmica profissional; investimos grande parte do nosso dinheiro e tempo de trabalho para comprar carros e imóveis; investimos tempo e energia em academias e esportes; investimos tempo no lazer com amigos. Mas nos relacionamentos, é muito comum as pessoas acharem que não precisam se esforçar, pois magicamente ou dá certo ou dá errado.

Não se enganem, não existe mágica nas relações que deram certo; existe sim muito trabalho e dedicação. Ela é como um bebê recém-nascido, completamente dependente do adulto, que demanda cuidados constantes. Mas este investimento não é material, e sim emocional. Ambos precisam desenvolver a busca de compreensão de si mesmo e do companheiro. Precisam ter paciência e benevolência com as dificuldades emocionais de cada um. E disposição para buscar aprender, na experiência, no exemplo ou na literatura, recursos para ajudar nessa jornada.

Eu acredito no potencial de vocês para construírem o seu casamento, dando o melhor de cada um. Eu desejo que vocês utilizem todos os recursos que possuem para se dedicarem a essa construção, principalmente nessa primeira fase tão importante dos alicerces, pois o restante virá como consequência. Não economizem nenhum vintém; doem a si mesmos com suas mais valiosas moedas!

Parabéns! Felicidades!
Com amor,
Adriana Freitas
Abril 2016

Adriana Freitas
Psicoterapeuta Sistêmica
em Belo Horizonte
Instagran: @solteirosecasais


Referência da Figura
 - foto capturada do vídeo feito amadoramente no dia do casamento.


#adrianafreitas #adrianafreitaspsicoterapeuta #solteirosecasais #amor #afetividade #carinho #relacionamentos #relação #comportamento #terapiadecasal #sexualidade #casal #casamento #solteiros #saúde #comunicação #paixão #carência #parceiro #cuidar #saudades #psicologia #psicóloga #terapiafamiliar #sistêmica #visãosistêmica #terapia #belohorizonte #psicologabh #discursodecasamento


2 comentários:

  1. Adorei o trecho "investimos tempo e energia em academias e esportes; investimos tempo no lazer com amigos. Mas nos relacionamentos, é muito comum as pessoas acharem que não precisam se esforçar, pois magicamente ou dá certo ou dá errado"

    Abç,

    Gus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gus,
      não é verdade?!!! Como precisamos aprender a investir e gastar boas energias com as nossas relações!
      Agradeço por seu comentário!
      Abraço querido!
      Adriana

      Excluir